Direção do Foro divulga Portaria de implantação do SEI na JFPB

05/05/2017 às 18:32

Todos os servidores da Seção Judiciária devem participar do curso SEI Usar

            A partir do dia 1º de junho, a Seção Judiciária da Paraíba passará a adotar o Sistema Eletrônico de Informações (SEI), como forma exclusiva de tramitação dos processos administrativos, exceto para aqueles autuados até 31 de maio. É o que determina a Portaria nº 036/GDF, de 05 de maio de 2017.  Os pedidos de diárias, aposentadoria, realização de cursos, averbação de tempo de serviço, folga eleitoral, entre outros, serão obrigatoriamente feitos através daquele sistema.

            Todos os servidores, independentemente de lotação, devem fazer o curso oficial à distância “SEI USAR” (gratuito), promovido pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). As inscrições para a próxima turma ficarão abertas até o dia 26/05, no site <www.enap.gov.br>. As aulas acontecerão no período de 30/05 a 19/06, em um total de 20 horas. Além do curso, os servidores também deverão estudar o Procedimento Operacional Padrão - POP.

            O Tribunal Regional Federal da 5ª Região - TRF5 disponibilizou uma equipe para efetuar uma palestra no dia 15 de maio, no Salão Nobre desta SJ (com transmissão por videoconferência para as Subseções Judiciárias), das 14h às 16h, extensivo a todos os servidores.  Haverá também um treinamento de 10 horas de duração, nos dias 16 (das 9h às 12h e das 14h às 17h) e 17 de maio (das 08h às 12h), para formação de multiplicadores.

            Em razão da limitação de espaço e de computadores, será dada prioridade aos servidores da área administrativa, que utilizarão o sistema com maior frequência, mas também serão oferecidas as seguintes vagas: uma para cada vara da sede, duas para a subseção de Campina Grande e outra para cada uma das demais subseções judiciárias.

            A formação de multiplicadores para as varas da capital e para as subseções é de extrema importância, em razão da falta de tempo para os servidores da área administrativa prestarem orientações a todos, pelo fato da necessidade de elaboração de modelos e de realização de ajustes no SEI nos períodos de implantação e de operação inicial do sistema.

Saiba mais sobre o sistema:

            O SEI foi desenvolvido pela equipe técnica do Tribunal Regional Federal da 4ª Região e há algum tempo vem sendo utilizado em diversos órgãos da Administração Pública Federal. Os ganhos de um sistema que tramita eletronicamente todos os documentos e processos são inegáveis. Haverá mais agilidade, economia processual, transparência, mas, principalmente, ganhos de eficiência da função pública. 

            O SEI tem representado, nos diversos órgãos onde tem sido utilizado, uma economia de tempo, de recursos e de investimento em novas soluções de tecnologia, com a vantagem da utilização de um único sistema, permitindo que processos tramitem também eletronicamente de um órgão para outro. O SEI permite também o acesso remoto, a preservação da memória de tudo aquilo que é feito e oportuniza as devidas correções, sem que para isso seja necessário gerar novos documentos, gastar papel e impressões desnecessariamente. 

 

            Portanto, todas essas funcionalidades só serão bem utilizadas se os servidores tiverem pleno conhecimento do software e das suas regras, de como pode ser aproveitado da melhor maneira possível.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 Imprimir