Manifestantes encerram ato após tentativa de invasão ao prédio da JFPB

24/01/2018 às 18:35

        A manifestação a favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ocorrida em frente ao prédio da Justiça Federal na Paraíba (JFPB), no bairro do Pedro Gondim, em João Pessoa, terminou no final da tarde desta quarta-feira (24) sem a ocorrência de novos confrontos.

        Dentro da sede do órgão, havia um aparato de segurança da Polícia Rodoviária Federal, do Batalhão de Choque, do Batalhão de Operações Especiais (Bope-PB), da Força Regional da Polícia Militar e da Polícia Federal. "Em um determinado momento, o quantitativo de policiais era maior do que o de manifestantes, o que acabou dispersando os integrantes sem mais outro conflito", declarou o diretor do Foro da JFPB, juiz federal Bruno Teixeira de Paiva.

        Ainda nesta tarde, o magistrado recebeu a visita do Procurador Regional dos Direitos do Cidadão José Godoy que o informou haver tido reunião com as lideranças do movimento em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e que a manifestação seria finalizada de forma pacífica.

        Vários manifestantes tentaram invadir o edifício-sede da Justiça Federal, em João Pessoa, na manhã desta quarta-feira (24). "Eles agiram de forma agressiva e inesperada, tentando arrombar o portão e lançando pedras nos policiais, que, de pronto, reagiram, conseguindo evitar o intento", explicou o magistrado.

        Ainda de acordo com o diretor do Foro, "da forma como tentaram invadir o prédio da Justiça Federal, os danos foram mínimos".

Expediente encerrado mais cedo

        Em virtude dos atos em apoio ao ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e da concentração de manifestantes nas imediações do prédio do órgão, o encerramento do expediente no edifício-sede foi antecipado para as 13h30. 

        Com a medida, os processos cíveis e criminais terão seus prazos suspensos e as audiências ou sessões de julgamento desses feitos foram adiadas. Os prazos processuais voltarão a transcorrer normalmente a partir desta quinta-feira (25/01).

Autor: Seção de Comunicação Social da JFPB - imprensa@jfpb.jus.br


 Imprimir