Corregedoria Regional do TRF5 inicia análise dos processos da JFPB

17/07/2018 às 16:51

Representantes da JFPB e CAIXA participaram de reunião sobre conciliação com o corregedor-regional da 5ª região

O diretor do Foro da Justiça Federal na Paraíba, juiz federal Bruno Teixeira de Paiva, recepcionou, na manhã desta terça-feira (17), o corregedor-regional do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, desembargador federal Paulo Machado Cordeiro, e seis servidores que integram sua equipe no TRF5, para a segunda etapa da correição de rotina nos processos em trâmite nas Varas Federais da Paraíba, que tiveram início hoje (17) e seguem até a próxima sexta-feira (20).

Nesta terça-feira (17), os trabalhos foram reiniciados nas 1ª e 2ª Varas, no edifício-sede, em João Pessoa. Na quarta (18), a equipe analisará os processos das 3ª e 16ª Varas e, no dia 19/07, os da 5ª Vara - todas localizadas na Capital. Já no dia 20/07, será a vez da 12ª Vara, na Subseção Judiciária de Guarabira. Nesse período, o funcionamento das unidades judiciárias ocorrerá normalmente. 

A primeira parte da correição ocorreu de 05 a 08 de junho, quando foram analisados os processos das Varas das Subseções de Monteiro, Patos, Sousa e Campina Grande.

Reunião com diretores da JFPB e advogados da Caixa Econômica Federal:

Dentro da programação desta terça-feira (17), ocorreu uma reunião no Salão Nobre da Justiça Federal previamente agendada pelo desembargador federal Paulo Machado Cordeiro com os advogados da Caixa Econômica Federal e representantes da JFPB: o diretor do Foro e coordenador do CEJUSC, juiz federal Bruno Teixeira de Paiva; o diretor do Núcleo Judiciário, Ricardo Correia; o supervisor do CEJUSC, Marconi Araújo.

Na ocasião, o corregedor-regional destacou que a realização da reunião era uma orientação do Conselho da Justiça Federal, para entender como se encontram os processos em que tem a CAIXA como parte, pois é uma das maiores litigantes da Justiça Federal. “Foi uma reunião bem proveitosa, em que constatei o avanço da Seção Judiciária da Paraíba especialmente no âmbito da conciliação. Vejo que o CEJUSC realiza um trabalho contínuo, planejado, e com o apoio dos jurisdicionados, em especial, a Caixa Econômica Federal”, afirmou.

Corregedoria Regional do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5):

É responsável pela fiscalização das atividades funcionais de Primeira Instância da 5ª Região. Cabe à Corregedoria realizar inspeções, produzir relatórios e elaborar estatísticas, com a finalidade de orientar o trabalho e assegurar o bom funcionamento da Justiça Federal de Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Rio Grande do Norte, Paraíba e Ceará.

Autor: Seção de Comunicação Social da JFPB - imprensa@jfpb.jus.br  

 


 Imprimir