Exposição na JFPB retrata o cotidiano de crianças refugiadas

25/07/2018 às 17:28

Público pode visitar gratuitamente a exposição de 30 de julho a 17 de agosto

A exposição fotográfica “Infância Refugiada” será inaugurada na próxima segunda-feira (30), no edifício-sede da Justiça Federal na Paraíba, e segue até o dia 17 de agosto. Realizada pela fotógrafa cearense Karine Garcêz, a mostra retrata o cotidiano de crianças e adolescentes palestinos refugiados em países como Turquia, Líbano e Síria. Com entrada gratuita, a visitação à exposição será de segunda a sexta, das 9 às 18 horas.

O trabalho é resultado de um giro da fotógrafa, natural da cidade de Redenção (CE) e estudante de Relações Internacionais, por vários países do Oriente Médio. Reunindo 27 fotos de um total de mais de duas mil, a mostra registra a situação dramática de uma parcela de refugiados vítimas dos conflitos na região ainda no período da infância.

O olhar de Karine, potencializado pela sensibilidade do preto e branco, desnuda a situação de uma população cujos direitos são historicamente negados. Para o trabalho, a fotógrafa cearense contou com o apoio da Ong Al Wafaa Campaing, da Holanda, em suas idas aos campos de refugiados desde 2012.

A artista já realizou exposições no Ceará e até na Holanda. Viabilizada em parceria com o projeto Fotografia Tátil da Universidade Federal do Ceará (UFC), a exposição Infância Refugiada já percorreu várias cidades brasileiras.

Segundo estimativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), existem cerca de 50 milhões de crianças e adolescentes no mundo deslocadas de suas terras.

Autor: Seção de Comunicação Social da JFPB - imprensa@jfpb.jus.br


 Imprimir