Centro de conciliação da Justiça Federal na Paraíba divulga balanço de 2018

15/01/2019 às 15:54

Foram 4.092 audiências realizadas, das quais 2.749 finalizadas com acordo

 O Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da Justiça Federal na Paraíba (JFPB), em João Pessoa, divulgou o balanço dos acordos firmados em 2018, indicando um aumento de 43% das sessões terminadas com êxito, em relação ao mesmo período do ano anterior. Foram 4.092 audiências realizadas, das quais 2.749 finalizadas com acordo. Em 2017, foram 2.522 realizações, sendo 1.569 exitosas.

 De acordo com o coordenador do Cejusc, o juiz federal Bruno Teixeira de Paiva, o trabalho vem crescendo gradativamente e contribui para a pacificação social, agilizando a solução dos problemas. “O tratamento oferecido pelo Centro de Conciliação da JFPB é um dos grandes diferenciais registrados, tanto por quem desempenha o serviço, quanto pelos que são atendidos, de forma humanitária e atenciosa”, destacou. “A dedicação dos conciliadores é notória e fortalece a possibilidade de firmar os acordos”, complementou.

O supervisor do Cejusc, Marconi Araújo, reforçou a importância do serviço. “Aqui, os cidadãos encontram solução rápida para os conflitos, antes mesmo que o caso se torne uma ação na Justiça. Trata-se de um diálogo relevante na tentativa de dirimir divergências de interesse”, disse.

Turma pioneira

Em 2018, o Cejusc formou a turma pioneira de conciliadores, que concluiu o período mínimo do ciclo de atividades. Na ocasião, houve a entrega dos certificados de conclusão do curso de “Formação de Conciliadores” a 33 pessoas, sendo 29 conciliadores, três servidores e o juiz federal Rogério Abreu. Teve, ainda, o lançamento da revista em quadrinhos “Turma do Justino” nº 2 (Edição Especial do CEJUSC) e uma importante palestra envolvendo o tema “Conciliação na Justiça Federal”, proferida pelo juiz federal Dartanhan Vercingentórix de Araújo e Rocha.

Autor: Seção de Comunicação Social da JFPB - imprensa@jfpb.jus.br


 Imprimir