“Escritório de Inovação” da JFPB aprova quatro projetos

22/03/2019 às 13:52

Propostas, apresentadas na primeira reunião do grupo, começarão a ser produzidas nos próximos dias

Quatro projetos foram aprovados na primeira reunião do “Escritório de Inovação” da Justiça Federal na Paraíba (JFPB) e devem começar a ser produzidos nas próximas semanas. As propostas são a criação de um “Mural Digital”, de uma aplicação web de “Pautas unificadas de perícia e audiência”, de um “Sistema de planejamento de férias” e de um “Botão do Pânico”. As ideias foram sugeridas por servidores da JFPB, que serão contatados em breve para fornecer mais detalhes sobre cada uma.

         O projeto “Mural Digital”, iniciado pelo Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI), será coordenado por Hugo Andrade Correia Lima Filho e terá abrangência em toda a Seção Judiciária da Paraíba, dando publicidade às ações das Varas Federais e apresentando, por meio de painéis instalados nas unidades judiciárias, informações como: pautas de audiência e de perícia, decisões de grande repercussão, resumos de editais e outras informações pertinentes. De maneira simultânea, os murais apresentarão as notícias institucionais da JFPB, bem como o clipping de reportagens coletadas da imprensa pela Seção de Comunicação Social do órgão.

Já o projeto de unificação das pautas de audiências e perícias, sugerido, por e-mail, pelo servidor da área de segurança José Carlos, contará com a coordenação de Ana Karina de Melo Pedrosa Dunning e Hugo Andrade Correia Lima Filho e envolve criação de aplicação web para unificar e divulgar, na página da JFPB, as pautas de audiência e perícia das Varas e dos Juizados Especiais Federais, utilizando os dados dos sistemas processuais CRETA, TEBAS e PJe.

O “Sistema de Planejamento de Férias”, também sugerido por e-mail, pelo diretor de Secretaria da 8ª Vara Federal, Emerson Guedes, terá coordenação de Jonathas Germano de Oliveira, e consiste em uma ferramenta de planejamento de férias com a utilização de filtros (mês, setor, feriados, inspeção, correição), utilizando dados do Sistema Administrativo de Recursos Humanos (SARH). A ferramenta permitirá ao gestor e aos interessados visualizar os períodos requeridos, evitando eventuais "choques" das férias de servidores de um mesmo setor, e auxiliará no planejamento estratégico das Varas e Setores. 

Por fim, o projeto “Botão do Pânico”, será coordenado por Felipe Medeiros Alves, e consiste em uma ferramenta web que aciona de forma emergencial os serviços de segurança.

De acordo com o coordenador do “Escritório de Inovação”, Ricardo Correia, a participação dos magistrados, servidores e colaboradores da JFPB com sugestões é fundamental para a iniciativa. “Agradecemos aos usuários que enviaram ideias, até agora, e pedimos que outras pessoas possam fazer o mesmo. Essa é a fonte inspiradora para o nosso escritório”, declarou.

Autor: Seção de Comunicação Social da JFPB - imprensa@jfpb.jus.br


 Imprimir