Justiça Federal na Paraíba realiza homenagens no Dia do Servidor

24/10/2019 às 17:41

Haverá entrega da Medalha de Honra "Ministro Oswaldo Trigueiro de Albuquerque Mello" e uma confraternização, no edifício-sede do órgão 

A Justiça Federal na Paraíba (JFPB) homenageará, na próxima segunda-feira (28), às 9h, no edifício-sede em João Pessoa, três servidores do órgão com a entrega da Medalha de Honra "Ministro Oswaldo Trigueiro de Albuquerque Mello". A condecoração é concedida àqueles que se destacaram em diversos campos ou atividades profissionais e ramos do saber. A homenagem faz parte das comemorações alusivas ao Dia do Servidor (28/10), sendo seguida de uma confraternização no Espaço Arte e Cultura, localizado no mesmo prédio.

 De acordo com o diretor do Foro da JFPB, juiz federal Bruno Teixeira de Paiva, a Medalha constitui-se como símbolo de honraria da Seção Judiciária paraibana. “Nosso objetivo é reconhecer a contribuição de pessoas e instituições que, por seus méritos ou relevantes serviços prestados à cultura jurídica, à sociedade, às instituições públicas ou à Justiça Federal, são merecedoras de especial distinção”, destacou.

Serão homenageados os servidores:

- Cicero Caldas Neto ingressou na Justiça Federal na Paraíba em 1994 como analista judiciário da área administrativa. Inicialmente, trabalhou na 2ª Vara Federal, depois (em 1997) se tornou diretor da Secretaria Administrativa, onde permanece até hoje. Natural de João Pessoa, recebeu várias Portarias de Elogio pela dedicação, eficiência, lealdade e presteza no desempenho de sua funções. Também foi homenageado pela ética, comprometimento e responsabilidade no desempenho das suas atividades.   

 - Ubaldina Fernandes Nunes está na JFPB desde 1999, quando ingressou como analista judiciária. Primeiramente, pertenceu aos quadros da Secretaria Administrativa, passou pela Seção de Apoio Jurídico, pelo Núcleo Judiciário (onde chegou a ser diretora de 2005 a 2015) e tornou-se chefe de gabinete administrativo da Direção do Foro, onde está desde 2015. Natural de Uiraúna, também recebeu ao longo da sua carreira na Justiça Federal Portarias de Elogio pelo espírito de colaboração, empenho, dedicação e eficiência.

- Rita de Cássia Monteiro Ferreira ingressou na Seção Judiciária paraibana em 1978 como técnica judiciária da 3ª Vara Federal. Em 1985, tornou-se analista judiciária e permaneceu naquela unidade até 1998. Foi convidada a ser diretora da 4ª Vara Federal, em Campina Grande, e retornou para a 3ª Vara, agora no cargo de direção, onde segue até hoje. Também recebeu Portaria de Elogio pelo espírito de colaboração, empenho, dedicação e eficiência.       

         Autor: Seção de Comunicação Social da JFPB - imprensa@jfpb.jus.br


 Imprimir