Uso do Processo Judicial Eletrônico passa a ser obrigatório na JFPB

11/10/2012 às 16:03

"Agora, o único papel da justiça é julgar". Inspirada nesse slogan, extraído de campanha do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a Seção Judiciária da Paraíba dará início ao uso obrigatório do Processo Judicial Eletrônico (PJe) para as ações cíveis (ordinárias, seus incidentes e conexas) na instituição, a partir desta segunda-feira (15).

O novo sistema abrange todas as fases processuais, eliminando a utilização de papel e proporcionando mais agilidade e segurança na tramitação dos feitos, já que esses dados serão armazenados nos servidores de rede da SJPB, permitindo seu acesso pela internet. Para isso, o advogado ou procurador deve adquirir sua certificação digital (assinatura eletrônica) e se cadastrar no sistema no link PJe, na página da JFPB.

O processo de implantação do PJe teve início em novembro de 2010, quando o sistema foi lançado de forma facultativa. Agora, a partir de 15 de outubro, a virtualização será obrigatória, conforme determinação do Conselho da Justiça Federal (CJF), do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

Ascom/JFPB


 Imprimir