TRF5 divulga edital de abertura de concurso para juiz federal substituto

17/11/2014 às 11:08

PARA INVESTIDURA DO CARGO SERÁ EXIGIDO DO CANDIDATO DIPLOMA DE CONCLUSÃO DO CURSO DE DIREITO E TRÊS ANOS DE ATIVIDADE JURÍDICA

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região - TRF5 divulgou o Edital nº 1 e o regulamento de abertura do XIII Concurso Público para Juiz Federal Substituto. O concurso destina-se a selecionar candidatos para o provimento de 85 cargos vagos para atender à demanda dos seis Estados que integram a 5ª Região (Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Alagoas e Sergipe). A seleção também vai formar cadastro de reserva para ocupar as vagas que surgirem durante o prazo de validade do certame, garantindo-se a reserva de 5% do total aos candidatos com deficiência.

De acordo com o edital, as inscrições estarão abertas durante o período de 19/11 a 18/12, observado o horário oficial de Brasília/DF. Para investidura do cargo serão exigidos do candidato diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Bacharelado em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e três anos de atividade jurídica, exercida após a obtenção do grau de Bacharel em Direito. As inscrições devem ser efetuadas, via internet, no site do Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (CESPE/UnB), instituição organizadora do concurso: www.cespe.unb.br.

Provas - Os candidatos serão submetidos a uma prova objetiva seletiva; duas provas escritas: sindicância da vida pregressa e investigação social; exame de sanidade física e mental; exame psicotécnico; prova oral e avaliação de títulos. A primeira fase, aplicação da prova objetiva seletiva, está marcada para a data provável de 1º de março de 2015, no período da manhã. O Edital contendo as normas previstas no Regulamento do Concurso Público Federal pode ser conferido nos portais do TRF5 (www.trf5.jus.br) e do Cespe (www.cespe.unb.br). A Comissão organizadora do concurso é composta pelos desembargadores federais Marcelo Navarro (presidente) e Fernando Braga, pelo juiz federal Sergio Murilo Queiroga, além do professor Ivanildo Figueiredo e do advogado Jaldemiro Ataíde (representante da OAB).


Autor: Divisão de Comunicação Social do TRF5


 Imprimir